Posts Tagged ‘educação ambiental’

Atividade no Sesc Interlagos festeja início da temporada de plantios da Iniciativa Verde

Iniciativa Verde (197)Sexta-feira, céu azul, tempo agradável, até um pouco frio, e um cenário de causar inveja nas belas paisagens existentes no Sesc Interlagos. Clima ideal e diversão garantida

A ação Plantio Simbólico reuniu mais de 150 pessoas entre jovens aprendizes do Senac, São Paulo, e parceiros e convidados da Iniciativa Verde. Divididos em dois horários (às 10 da manhã e às 2 da tarde) na sexta-feira dia 25 de setembro, os participantes tiveram o privilégio de plantar algumas das 200 mudas disponíveis de 15 espécies típicas da Mata Atlântica, entre elas, embaúbas, palmeiras-juçara e cedros. Eles ainda contaram com explicações e orientações sobre a importância das árvores e o seu correto manejo para o plantio. Veja todas as fotos aqui!

À frente dos trabalhos durante todo o dia estiveram o diretor florestal da Iniciativa Verde, Pedro Barral, além da equipe técnica da organização e o coordenador do projeto Adote uma Árvore, do Sesc Interlagos, Gustavo Herdeiro de Faria. Ambos lembraram os muitos benefícios que uma área arborizada trás para todos, desde tornar o clima mais ameno, contribuir para reduzir enchentes, além de fornecer frutos e sombra tornando a vida mais agradável e prazerosa.

Iniciativa Verde (270)As pessoas ouviram atentas aos coordenadores da atividade e logo em seguida partiram ávidas para as suas mudas. Foram momentos inesquecíveis de puro contato com a natureza, muitos sorrisos, alegria e a sensação de estar fazendo algo muito positivo. O jovem Mateus Pereira de Souza, que cursa Gestão de Negócios no Senac, afirmou que quer repetir a experiência, “quero fazer isso de novo”.  Já as jovens Ingrid Talita e Rafaela dos Reis, também do Senac, chegaram a pensar que era mais fácil plantar uma árvore, “só fazer um buraco e colocar”! Elas aprenderam que existem etapas que precedem e sucedem o plantio para garantir que uma árvore cresça sadia e frondosa. Assim, entenderam como é importante cuidar da natureza, ainda mais agora em tempos atuais com tantos casos de destruição ambiental.

“É mais fácil conservar uma floresta do que começar uma nova”, explicou Pedro Barral ao final da atividade sendo plenamente compreendido por todos que fizeram um belo exercício durante toda a ação de plantio.

Faria, do Sesc Interlagos,  ressaltou a importância da parceria com a Iniciativa Verde e convidou a todos a participarem das atividades de educação ambiental do projeto Adote uma Árvore que tem, entre seus principais objetivos, aumentar os espaços verdes urbanos na cidade de São Paulo.

Passos muito positivos já foram dados, agora é só manter o ritmo e contribuir para deixar esse nosso mundo mais verde e agradável de se viver.

Anúncios

O que você sabe sobre meio ambiente?

quizA Iniciativa Verde preparou um quiz especial para o Blog do Planeta, da revista Época. Quando 300 pessoas comentarem, 30 árvores serão plantadas! Responda as questões e nos ajude a preservar a Mata Atlântica. Clique aqui!

Novo projeto Plantando Águas será patrocinado pela Petrobras

O projeto Plantando Águas elaborado pela ONG Iniciativa Verde em parceria com cerca de 20 instituições foi aprovado em abril deste ano pelo Programa Petrobras Ambiental. Ele tem como objetivo adequar propriedades rurais do estado de São Paulo de acordo com o que estabelece o “novo” Código Florestal para recuperar e conservar os recursos hídricos. O projeto deverá ser colocado em prática já no próximo semestre e contará com patrocínio da Petrobras por dois anos. Aproximadamente, 200 famílias serão beneficiadas diretamente nos municípios de Iperó, Itapetininga, Piedade, Porto Feliz, Salto de Pirapora e São Carlos.

Com o Plantando Águas, a Iniciativa Verde e seus parceiros pretendem recuperar 50 hectares de áreas de preservação permanente (APPs) de Mata Atlântica, executar 24 hectares de sistemas florestais produtivos e implementar mais de 140 módulos de saneamento. Por fim, o projeto visa encaminhar a adequação ambiental de pelo menos 85 imóveis, fazendo a inscrição destes no Cadastro Ambiental Rural (CAR) criado pelo “novo” Código Florestal.

Essas atividades serão desenvolvidas em áreas onde vivem agricultores familiares, situadas em bairros rurais (em Piedade e São Carlos), em assentamentos de reforma agrária (em Iperó, Itapetininga, Porto Feliz e São Carlos) e em uma comunidade remanescente do quilombo (Cafundó, em Salto de Pirapora).

Educação ambiental

Além disso, o projeto terá um espaço reservado para educação ambiental voltada a crianças e demais interessados, no município de São Carlos, e produzirá material educativo sobre o tema – aliás, a maioria desse material também será disponibilizada on-line. O público direto previsto para as ações de educação ambiental é de 2.500 alunos do ensino fundamental.

Os agricultores poderão participar de oficinas gratuitas sobre saneamento, monitoramento da água, agroecologia (que aborda a prática da agricultura com respeito à biodiversidade) e legislação florestal. Após as oficinas, os interessados contarão com a ajuda do projeto para colocar essas atividades em prática.

Resultados

Ao final do projeto, os agricultores familiares e quilombolas participantes terão saneamento, conseguirão acompanhar a qualidade da água que corta as propriedades, poderão retirar proventos de uma agricultura menos agressiva à biodiversidade brasileira e terão as propriedades adequadas ao “novo” Código Florestal.

Aguarde mais informações sobre o projeto no site da Iniciativa Verde.

Parceiros do projeto:

Amigos do Ribeirão Feijão; Instituto de Terras de São Paulo (ITESP); Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa); Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA); SAAE Serviço Autônomo de Águas de São Carlos; Prefeitura de São Carlos; ETEC Escola Técnica Estadual de Piedade; Núcleo de Agroecologia da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar/ Sorocaba); Prefeitura de Piedade; Cooperativa Mista de Agricultores, Apicultores, Pecuaristas e Pescadores de Porto Feliz (Comapre); Cooperativa de Produção e Prestação de Serviços dos Assentados e Pequenos Agricultores de Porto Feliz (Coopap); Associação dos Remanescentes de Quilombo Kabundu do Cafundó; Cooperativa de Produção da Agricultura Familiar São Jorge (Coopas), Iperó; Associação Amigos Produtores Rurais de Itapetininga; Programa de Educação Ambiental Amigos do Ribeirão Feijão São Carlos.