Posts Tagged ‘Meio-Ambiente’

Equipe da Iniciativa Verde grava boletins nas rádios Eldorado e Estadão

DSC06288

Da esquerda para a direita: Reinaldo Canto, assessor de imprensa da Iniciativa Verde, Jéssica Campanha, do departamento técnico, e Pedro Barral, diretor florestal.

A equipe da Iniciativa Verde gravou hoje (dia 11) mais nove boletins de um minuto cada sobre meio ambiente para as rádios Eldorado e Estadão. A parceria entre as organizações inclui a compensação das emissões de gases de efeito estufa (GEE) das atividades cotidianas das rádios por meio do programa Carbon Free, da Iniciativa Verde. Para isso, serão plantadas 1.675 árvores de Mata Atlântica em áreas degradadas. Saiba mais sobre a parceria aqui.

Ouça os boletins:

Rádio Eldorado – 107,3 em três edições diárias terças, quintas e sábados em horário rotativo;

Rádio Estadão – 92,9 também em três edições diárias segundas, quartas e sextas no período entre 14h40 e 20h40.

Anúncios

Boletins da Iniciativa Verde nas rádios Estadão e Eldorado abordam mudanças climáticas e meio ambiente

DSC00918A parceria inclui a compensação das emissões causadas pelas atividades cotidianas das rádios

Nesta terça-feira, dia 26 de novembro, começam a ser veiculados boletins com duração de um minuto durante a programação das rádios Eldorado e Estadão nos meses de novembro e dezembro. Serão mais de 20 temas com conteúdo informativo e educativo todos ligados de maneira direta ou indireta com o trabalho de recomposição realizado pela Iniciativa Verde há oito anos.

Após a conclusão do inventário de emissões de gases de efeito estufa (GEE) gerados pelas rádios no período de um ano, para que as emissoras recebam o selo Carbon Free, a Iniciativa Verde constatou a necessidade do plantio de 1.675 árvores que serão destinadas a áreas degradadas da Mata Atlântica no estado de São Paulo e terão a importante função de proteger mananciais e matas ciliares. Essa compensação corresponderia a cerca de 250 pessoas usando automóveis particulares 1.0 movidos à gasolina no período de um ano.

Durante anúncio da parceria feito dia 25, o presidente da Iniciativa Verde, Roberto Resende, disse que “tão importante quanto o plantio das árvores é a conquista desse espaço para a divulgação sobre a relevância desse trabalho e também para mostrar bons exemplos de empresas que fazem compensações voluntárias de suas emissões e que pode e deve ser replicado em outras corporações”.

A programação dos boletins está prevista para ir ao ar da seguinte maneira:

Rádio Eldorado – 107,3 em três edições diárias terças, quintas e sábados em horário rotativo;

Rádio Estadão – 92,9 também em três edições diárias segundas, quartas e sextas no período entre 14h40 e 20h40.

O que você sabe sobre meio ambiente?

quizA Iniciativa Verde preparou um quiz especial para o Blog do Planeta, da revista Época. Quando 300 pessoas comentarem, 30 árvores serão plantadas! Responda as questões e nos ajude a preservar a Mata Atlântica. Clique aqui!

O lobo-guará e a lobeira

frutadolobo

A lobeira (Solanum lycocarpum) é uma planta pioneira, de crescimento rápido e realizado até em campo aberto, que produz frutos grandes e suculentos muito apreciados pelo lobo-guará. Ela fornece alimento ao animal e, em troca, ele ajuda a dispersar as suas sementes. Após comer o fruto, o lobo-guará defecará as sementes da lobeira pelo seu caminho. E, assim, juntos, ambos dão continuidade à biodiversidade local.

A foto acima mostra uma pequena planta do fruto de lobeira germinando nas fezes do lobo-guará. Ela foi tirada pelo coordenador florestal Pedro Barral de Sá em um restauro florestal da ONG Iniciativa Verde no município de Lorena, interior de São Paulo.

O que é melhor para o ambiente: falar ao celular ou mandar SMS? – Arquivo: 25/05/2009

Publicado originalmente no caderno Vitrine da Folha de São Paulo – 24/05/2009

Enviar um SMS tem um impacto ambiental 30 vezes menor do que uma ligação de cinco minutos, segundo o engenheiro elétrico Ricardo Dinato, da ONG Iniciativa Verde.

Além da energia consumida pela bateria, o uso do celular para mensagens de texto ou para ligações aciona uma rede de transmissão de dados, composta por antenas, bases e amplificadores. Quanto mais tempo demorar a transmissão de dados, mais energia será consumida. Como enviar uma mensagem leva cerca de dez segundos, o uso dos recursos é menor que o de uma ligação.

De acordo com Dinato, 85% do impacto de um celular está na sua fabricação. “O uso do celular representa cerca de 10% do impacto de toda sua vida útil, consequência principalmente da energia usada para recarregar a bateria”, diz. O melhor, então, é espichar a vida útil dos aparelhos.

Quanto à emissão de gases causadores do efeito estufa, dois anos de uso de um celular seriam compensados pelo plantio de duas árvores. (DM)